Área de Design de Comunicação | IPCB | Plano de Estudos CTeSP
9057
page-template-default,page,page-id-9057,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-3.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-6.6.0,vc_responsive
 

Plano de Estudos CTeSP

1º Ano 1º Semestre

Inglês

 

Pretende-se que o aluno desenvolva a sua capacidade de expressão em língua inglesa, como utilizador independente (B2); para além da vertente técnica, pretende-se rever as principais construções gramaticais da língua inglesa, necessárias para a correta produção oral e de texto.
O aluno deve ser capaz de compreender exposições e seguir partes mais complexas da argumentação e de seguir programas informativos na televisão e na rádio sobre temas atuais ou assuntos de interesse profissional.
Ao nível da produção oral espera-se que seja capaz de tomar parte ativa numa discussão de natureza pessoal e profissional, apresentando e defendendo os seus pontos de vista. Ao nível da escrita, é capaz de redigir um texto expositivo ou um relatório, transmitindo informação ou apresentando razões a favor ou contra um determinado ponto de vista.

Conteúdos Programáticos

 

  • Gramática: Tempos verbais simples e progressivos do presente, passado e futuro;
  • Modalidades passiva e ativa;
  • verbos modais;
  • elementos de ligação de frases;
  • composição de palavras;
  • tipos de frases;
  • Tópicos: A vida profissional e o dia de trabalho;
  • a comunicação em linha;
  • cultura de empresa;
  • descrever equipamentos e tecnologias;
  • procedimentos e processos;
  • distribuição e entrega;
  • publicidade e marketing;
  • marcação de reuniões;
  • brindes e ofertas de empresa;
  • trabalho em equipa;
  • candidaturas de emprego.

Análise da Comunicação e Produção de Texto

 

Perspetivar o funcionamento da língua portuguesa no processo comunicativo; Compreender o conceito de texto;
Identificar texto do ponto de vista de uma tipologia e de uma intencionalidade; Produzir diferentes tipos de texto com adequação à finalidade comunicativa;
Reconhecer a universalidade da comunicação como força geradora de comportamentos sociais.
Dotar os alunos de competências linguísticas, sociolinguísticas, estratégicas, discursivas e pragmáticas que lhes permitam promover a pesquisa, seleção e tratamento da informação, tendo em conta os diferentes contextos.
Saber produzir diferentes textos adequados à finalidade comunicativa; saber reconhecer intencionalidades dos textos; ser capaz de: elaborar um texto a partir de um tema dado; analisar um texto para encontrar ideias principais nele contidas; resumir um texto; a partir de um texto dado, produzir um metatexto; produzir textos pragmáticos; argumentar e defender ideias oralmente e por escrito.

Conteúdos Programáticos

 

      • A Comunicação e a Expressão: Expressão, comunicação e sociedade; funções da linguagem; Perspetiva da informação e intervenientes no ato comunicativo; Importância da expressão: definição de competência linguística, narrativa, sociolinguística, discursiva e estratégica.
      • A Análise Textual: Língua e discurso; Da frase ao texto; noção de texto; Texto, contexto e metatexto; Relações intertextuais; Da expressão à mensagem; coesão, coerência, intencionalidade, aceitabilidade, informatividade, situacionalidade, intertextualidade; os mecanismos de estruturação do texto.
      • Do texto à leitura; da leitura à cultura: tipificação do leitor ?não ingénuo?; multiculturalismo e interculturalidade.
      • Trabalhos de investigação, relatórios e memórias descritivas.
      • Dois livros de leitura obrigatória: da cultura local (ex. “Retalhos da vida de um médico”, de Fernando Namora); da cultura universal (ex. Uma obra prémio Nobel).

Fotografia

 

Ser sensível às qualidades do espaço envolvente na procura de cenários adequados aos temas escolhidos;
Saber explorar o meio ambiente na busca das respostas criativas às necessidades do fotógrafo;
Saber analisar a adequação dos meios à ideia ou intenções expressas;
Saber emitir opiniões e discutir posições com base na sensibilidade, na experiência e nos conhecimentos adquiridos no domínio da fotografia;
Desenvolver o sentido da pesquisa individual na procura de soluções que correspondam de algum modo à sensibilidade artística;
Contribuir para a integração de conhecimentos e aptidões manuais, realizar trabalhos aplicando os conhecimentos de materiais e técnicas escolhidas, executar técnicas na procura de bons trabalhos com a preocupação de rigor, segurança, economia, eficácia e higiene a usar máquinas, utensílios, acessórios e todo o equipamento em função dos fins para os quais foram concebidos.

Conteúdos Programáticos

 

      • História da Fotografia
      • Princípios da fotografia
      • O funcionamento da máquina fotográfica
      • Os mecanismos de regulação – focagem; abertura; obturador;
      • A composição da imagem: O ponto de vista e a iluminação;
      • Características do assunto a fotografar (tonalidades, texturas, linhas, padrões, forma, enquadramento das formas e das linhas);
      • O trabalho sobre um tema/conceito.
      • O processamento analógico em laboratório
      • O processamento digital
      • Informação básica sobre fotografia digital;
      • O sistema binário;
      • Profundidade de cor;
      • Resolução digital;
      • Formatos dos arquivos;
      • Capturas digitais;
      • Diferenças na formação de imagens com máquina analógica e digital;
      • Princípios básicos da digitalização;
      • Arquivos Raw versus Arquivos jpg;
      • Principais programas de tratamento de imagem.
      • O Photoshop – Interface, ferramentas, camadas, canais e seleções;
      • Melhoramento de imagens e retoques;
      • Manipulação digital;
      • Imagens para impressão e para web

Design Gráfico

 

Desenvolver a educação e cultura visual do aluno. Adequar mensagens tendo em conta a percepção visual e cultura dos destinatários. Incutir no aluno metodologias de planificação de projeto; Capacitar o aluno para a necessidade de um raciocínio pré-projetual do objecto gráfico a desenvolver, tendo em conta: exigências do projeto, os destinatários, o planeamento e os processos de produção; Aprofundar conhecimentos, recorrendo a bases teóricas, no domínio da arquitetura gráfica; Preparar o aluno para a obtenção de um discurso técnico claro, com base em conceitos ligados ao tema do conteúdo programático. Preparar o aluno para o desenvolvimento de diferentes tipologias de publicações. Conhecimentos e capacidades nos domínios do design gráfico, concepção e desenvolvimento da linguagem visual, editorial, tratamento de texto e paginação; Conhecimentos e capacidades de hierarquizar, organizar e estruturar a informação.

Conteúdos Programáticos

 

      • 1. Contextualização
      • 1.1. Introdução ao Design Gráfico
      • 1.2. O projeto de Design Editorial
      • 2. Planificação e Metodologia
      • 2.1. Fases do projeto;
      • 2.2. Importância da planificação
      • 2.3. Metodologia Projectual
      • 2.4. Coerência visual, legibilidade, identidade e reconhecimento
      • 3. Arquitetura Gráfica
      • 3.1. Comunicação visual
      • 3.2. Definição dos níveis de composição gráfica
      • 3.3. Codificação e descodificação
      • 4. Tipografia
      • 4.1. Seleção de tipos para um trabalho concreto
      • 4.2. Organização e hierarquização de texto
      • 4.3. Legibilidade, expressão
      • 4.4. Publicação editorial – capa, índice, livro, catálogo e jornal
      • 5. Ilustração e fotografia
      • 5.1. Várias tipologias de ilustração e fotografias
      • 5.2. Adequação da ilustração e fotografia ao sentido da mensagem
      • 6. Edição e Paginação
      • 6.1. Regras áureas de composição gráfica
      • 6.2. Paginação
      • 7. Edição e pós-produção gráfica
      • 7.1. Software Adobe Illustrator
      • 7.2. Software Adobe InDesign

Novos Sistemas da Comunicação

 

Conhecer os conceitos ligados aos web design; Conhecer uma ferramenta tecnológica de suporte ao desenvolvimento de web sites;
Conhecer processos de comunicação multimédia eficazes;
Conceber produtos comunicacionais de apresentação on-line e off-line;

Conteúdos Programáticos

 

      • I. Exploração do ambiente de um programa de desenvolvimento web;
      • II. Conceitos Gerais – Divs, templates (modelos), Inserção de texto e de imagens, Listas, Tabelas, Formulários, Hiperligações, Imagens Mapeadas, Formas de criação de interatividade: Behaviors e elementos spry;
      • III. Folhas de Estilo (Cascading Style Sheets) Usabilidade e vantagens, Sintaxe, Operacionalização: folhas e estilo internas e externas, Criação e aplicação de estilos (por uso do programa em uso);
      • IV. Design de Aplicações Web – Organização dos elementos (texto, imagens, etc) Organização e estrutura da informação, Cor na Web, Escrever para Web, Formas de navegação.

Composição da Imagem

 

Adquirir conhecimentos, com especial relevância para os aspectos da Teoria da Cor e da Teoria da Composição, através de uma ação devidamente fundamentada na convicção de que a exploração integrada dos problemas estéticos, científicos e técnicos contribuirá para o desenvolvimento de competências de expressão, criação e fruição.

Conteúdos Programáticos

 

Teoria da cor:

      • A natureza da luz.
      • Comportamento da luz.
      • Como percepcionamos a cor.
      • Newton e o espectro.
      • Teoria da cor.
      • Síntese aditiva.
      • A cor dos objetos e a síntese partitiva.
      • Complementaridade. As cores primárias e secundárias
      • Dimensões da cor: Tom, Valor, Luminosidade ou Clareza e Saturação.
      • Interação das cores.
      • Reação à cor e seu valor expressivo.

Teoria da composição:

      • Variedade dentro da unidade.
      • Proporção espacial; lei da secção dourada, regra dos terços.
      • Simetria rígida e variável.
      • Composição assimétrica.
      • Esquemas tradicionais de composição.

Captação e Edição de Imagem

 

Utilizar equipamentos técnicos de produção audiovisual;
Reconhecer e utilizar planos, enquadramentos, posições e movimentos de câmara;
Implementar a iluminação de cenas; Assimilar e aplicar as funções de produção e suas regras operativas;
Distinguir e aplicar as fases de implementação de um processo de produção audiovisual;
Promover a descoberta de soluções criativas para a resolução de problemas;
Conhecer as tecnologias áudio associadas à produção audiovisual;
Conhecer as bases teóricas de edição vídeo/áudio; Conhecer teoricamente opções estéticas da montagem audiovisual;
Conceber e produzir produtos audiovisuais em grupo;

Conteúdos Programáticos

 

      • O sinal de Tv, sinal de vídeo e áudio;
      • Transmissão de sinais áudio/vídeo;
      • Sistemas de televisão;
      • Formatos Vídeo;
      • A Câmara de vídeo: Partes da câmara;
      • Funcionamento;
      • Mistura de cor;
      • O Prisma;
      • O dispositivo de captação de imagem;
      • Configuração da câmara;
      • Tipos de câmaras Iluminação: Calorimetria;
      • Tipos de iluminação;
      • Ajuste de brancos
      • Os Planos: Plano Simples;
      • Plano Complexo;
      • Plano Sequência:
      • Tipos de planos
      • Composição da imagem;
      • Regras de enquadramento;
      • Gramática audiovisual: identificação das terminologias, linguagens e técnicas para o relacionamento com as práticas da edição e montagem;
      • Edição linear e não linear de vídeo e áudio;

1º Ano 2º Semestre

História da Arte

 

A UC de Hist. da Arte II tem por objetivo introduzir os alunos no conhecimento da arte do século XIX-XX e das respetivas mudanças que se registam ao longo desses séculos, permitindo ao aluno observar e refletir sobre a importância dos fenómenos culturais e da comunicação visual que ocorrem desde da revolução industrial.
Adquirir capacidade de relacionar a hist. com a prática do design.
Aquisição de conhecimentos da Hist. da Arte do séc. XIX e XX. Desenvolver competência crítica sobre os objetos artísticos e a sua respetiva contextualização. Adquirir capacidade para utilizar os conhecimentos de Hist. da Arte e aplicá-los no contexto do DCA. Aplicar os conhecimentos da perspetiva histórica na reflexão sobre a identidade cultural e visual das diferentes sociedades, sobretudo quando se trata de projetar em DCA. Os conteúdos lecionados na UC encontram-se relacionados com a UC de Hist. do Design permitindo ao aluno um melhor conhecimento do tempo histórico e das relações entre a arte e o DCA.

Conteúdos Programáticos

A arte e o artista no séc XIX

  • O Romantismo. A luta contra o academismo e universalismo
  • As escolas naturalistas e o Realismo de Courbet
  • A Luz e a cor: o Impressionismo e o Pós-Impressionismo
  • Arte, indust., técnica e o design: Arts & Crafts e Arte Nova ? mov. reformistas e as suas implicações na arte e design
  • Nova realidade artística: Cinema, Fot. e Design (gráfico, comunicação, visual,…). O caminho para a tecnologia tv

Séc XX. Modernidade, vanguarda artística e as pontes para o Design de comunicação: Cartaz e os posters

  • Releitura das vanguardas: Fauvismo; Cubismo; Expressionismo, Futurismo, Dadaísmo, o Surrealismo
  • As vanguardas artísticas e o Design de Comunicação: O Construtivismo Russo e a Bauhaus como exemplos

O pós 2ª Guerra e a 2ª metade do século XX. Persistências e descontinuidades. da Pop Art e as massas à Op Art. As tecnologias (televisão), a arte e o Design – Estilo Tip Inter – na 2ª metade do séc XX

Psicologia da Percepção e Comunicação Visual

 

  • Conhecer a abordagem da Gestalt sobre a perceção em geral e a perceção visual em particular, compreendida como um processo dinâmico e organizado.
  • Definir perceção cromática e conhecer o significado psicológico das cores.
  • Definir o conceito da comunicação visual salientando a importância da mensagem visual no estudo do processo da comunicação humana.

Conteúdos Programáticos

 

      • 1 Psicologia da Perceção
      • 1.2 A Perceção Humana
      • 1.2.1 Sensação versus Perceção
      • 1.2.2 Os estímulos
      • 1.2.3 Os órgãos sensoriais
      • 1.2.4 Interdependência dos sentidos
      • 1.3 Perceção Visual
      • 1.3.1 Seleção da informação
      • 1.4 Caraterísticas do processo percetivo
      • 2 Abordagem da Gestalt
      • 2.1 Princípio fundamental da Psicologia da Gestalt
      • 2.2 A perspetiva histórica da Gestalt: Max Wertheimer, Wolfgang Kohler e Kurt Kofka
      • 2.3 Princípios da Psicologia da Gestalt: Proximidade, Semelhança, Fechamento
      • 2.4 Organização percetiva? Figura/Fundo e reversibilidade
      • 2.5 Ilusões percetivas
      • 2.6 Aprendizagem Percetiva
      • 2.7 Constância percetiva (forma, cor, luminosidade)
      • 2.8 Hierarquia visual: relações de valor entre as formas
      • 2.9 Anomalias Percetivas
      • 3 Cor
      • 3.1 Perceção cromática
      • 3.2 Forma e cor
      • 3.3 Significado psicológico das cores
      • 4 – Comunicação
      • 4.1 Elementos e objetivos do processo da comunicação
      • 4.2 Comunicação visual
      • 4.2.1 A mensagem visual

Desenho

 

Conhecer materiais, instrumentos e suportes; Saber identificar estruturas simplificadas no espaço bidimensional (2D) e Tridimensional (3D); Aquisição de conhecimentos quanto a medições, proporcionalidade, estruturação, direções alinhamentos; Aquisição de conhecimentos quanto ao uso da linha no que respeita à sua natureza, intensidade, modelação e estruturação; Aquisição de conhecimentos relativamente à luz, à sombra e aos seus valores; Conhecer métodos de representação de espaços e volumes em perspectiva; Identificar estruturas ósseas e musculares do corpo humano; Adquirir competências nos três pilares básicos do desenho:
Observação, representação e expressão; Usar adequadamente materiais, instrumentos e suportes; Dominar aspetos construtivos, considerando medições, proporcionalidade, estruturação, direções e alinhamentos; Utilizar métodos e meios que traduzam a tridimensionalidade dos objetos, dos espaços e do corpo humano. Utilizar o desenho de forma pessoal e autónoma;

Conteúdos Programáticos

 

      • Suportes, Instrumentos e Técnicas;
      • Perceção espacial e representação;
      • Medição, proporção, estrutura, direção e alinhamento;
      • Linha e mancha;
      • Luz e sombra;
      • Construção da realidade tridimensional através do esquisso, do esboço e do estudo;
      • Sistemas projetivos e perspéticos de representação gráfica;
      • Proporções e cânones no desenho do corpo humano;

Inovação e Empreendedorismo

 

Estimular nos alunos o desenvolvimento de uma atitude e um comportamento pró-activos, de inovação e de contacto com o risco, próprios do espírito empreendedor, que lhes permita valorizar as competências adquiridas no decorrer do seu curso, orientando-as para a criação de valor no mercado.
Desenvolver a capacidade de análise da envolvente, na pesquisa de oportunidades e tendências, bem como a concepção de produtos e/ou serviços adequados às necessidades do mercado e com carácter inovador.
Proporcionar aos alunos os conceitos fundamentais da gestão e das tarefas subjacentes: planeamento, organização, direcção e controlo, tanto na óptica das organizações de carácter empresarial, como não empresarial. Dotar os alunos de conhecimentos básicos que lhes permitam uma adequada integração e actuação em contexto organizacional.

Conteúdos Programáticos

 

      • O empreendedorismo: definição, tipos, componentes, mitos e importânica. As características do empreendedor. A detecção de oportunidades. A análise da envolvente. Ferramentas de análise.
      • A identificação de tendências e mudanças socioeconómicas: sua análise e importância. O desenvolvimento de produtos e serviços. A abordagem centrada no mercado e centrada nos recursos. A definição do modelo de negócio.
      • A inovação: tipos, aplicação, processo, capacidade e resultado.
      • A Organização: A organização como sistema humano e técnico; Estudo do comportamento humano no âmbito de organizações; estruturas organizacionais; A gestão, suas tarefas e funções. O ciclo da Gestão. O papel do gestor nas organizações.
      • A estratégia: definição e implementação.
      • O plano de negócios: importância, componentes e requisitos. A gestão da informação e a redução da incerteza na tomada de decisão.
      • Elementos de gestão financeira: fluxos financeiros, documentos financeiros e sua análise. O investimento e o financiamento.

Produção Audiovisual

 

A presente unidade curricular apresenta um carácter eminentemente prático. Pretende-se que os alunos apliquem e cimentem, ao longo do semestre, os conhecimentos adquiridos nos anos anteriores, nomeadamente a realização de produtos audiovisuais. Assim são objectivos desta disciplina: produzir programas de vídeo, a partir de um guião; conhecer a narrativa audiovisual da ficção; captar e editar, de forma criativa, imagens passíveis de construir uma narrativa audiovisual; adquirir capacidade de análise e espírito crítico na leitura de documentos audiovisuais.

Conteúdos Programáticos

 

A criação de um filme de ficção pressupõe o conhecimento e a aplicação dos conhecimentos adquiridos em toda a área audiovisual. Assim devem reforçar-se os conhecimentos teóricos fundamentais da realização audiovisual; operar dispositivos de captação e edição de imagem; produzir a partir do guião específico do filme de fição; produzir um filme de fição de curta duração em grupos interdisciplinares.

Modulação e Animação 3D

 

Pretende-se iniciar o aluno nos procedimentos de animação a três dimensões, dando-lhe os conhecimentos necessários à animação, visualização e manipulação básica e complexa de sólidos em ambiente tridimensional.
Procura-se estimular o conhecimento de técnicas de animação tridimensional que lhes permitam evoluir para a visualização da animação realista de modelos e animações tridimensionais. Procura-se estimular o conhecimento de procedimentos e técnicas que são quase universais nas várias especialidades do design.
Essas aplicações poderão depois ser usadas em vídeo, conteúdos multimédia ou animações de várias ordens.

Conteúdos Programáticos

 

      • Construção e edição de animação em objectos 3D;
      • Animação de sistemas de partículas;
      • Animação de Câmaras e Luzes;
      • Visualização realista de toda a cena animada;

2º Ano 1º Semestre

Animação e Composição Televisiva

 

A Unidade Curricular de Animação e Composição Televisiva pretende promover a utilização de grafismo para televisão.
Quando se tem em mente televisão, tem-se também de ter em mente o vetor tempo. Este vetor temporal é de exploração crucial quando se criam soluções gráficas para televisão. Em televisão não só existem as limitações do meio como o próprio meio é portador de inúmeras características singulares das quais o vetor temporal é só uma ilustração.
Por outro lado, é através da animação e composição televisiva que se conseguem criar elementos tão distintos como infografias para apresentar visualmente dados ou estatísticas (ex. o suporte a uma peça noticiosa) ou mesmo linhas gráficas para televisivos (aqui a solução poderá passar por variados elementos como por exemplo: oráculos, separadores, genéricos, etc.).

Conteúdos Programáticos

 

      • Comunicação Síncrona e Assíncrona
      • Conceito de Keyframe como unidade de controlo temporal
      • Animação e composição de elementos gráficos em vídeo
      • Sonorização e mistura de paisagens sonoras Ilustração em vídeo de segmentos de áudio
      • Desenvolvimento e exploração de conceitos
      • Relação entre som / imagem / conceito
      • Noções básicas de planeamento e gestão de projetos
      • Estratégias de utilização das várias ferramentas
      • Planificação de conteúdos e meios

Edição e Pós-Produção

 

– Utilizar equipamentos técnicos de produção audiovisual;
– Distinguir e aplicar as fases de implementação de um processo de produção audiovisual;
– Promover a descoberta de soluções criativas para a resolução de problemas;
– Conhecer as bases teóricas de edição vídeo/áudio;
– Conhecer teoricamente opções estéticas da montagem audiovisual;
– Conceber e produzir produtos audiovisuais em grupo;
– Apreender os recursos técnicos e artísticos à disposição dos editores de imagem.
– Compreender a lógica da edição em função dos diferentes conteúdos audiovisuais.
– Conhecer e produzir grafismos para vídeos institucionais;
– Utilizar programas de efeitos vídeo;
– Adaptar bandas sonoras para documentos audiovisuais.

Conteúdos Programáticos

 

      • Fundamentos da Imagem digital;
      • Digitalização, compressão e codificação. Hardware e Software;
      • A qualidade do produto em função da compressão. Edição off-line e on-line.
      • Metodologia de edição não linear;
      • Processos de automatização em edição não linear. Listas de digitalização e edição;
      • Titulação e efeitos especiais: introdução à pós-produção. Correção de cor;
      • Gravação para diferentes suportes.

Comunicação Digital

 

A unidade curricular foca o desenvolvimento de conceitos e práticas de comunicação orientados à comunicação de produto na vertente de ativação de uma marca ou individuo. O projeto referente à unidade curricular foca o desenvolvimento de estratégias e produção de conteúdos em plataformas de medias Sociais Digitais. São objetivos a compreensão de estratégias de disseminação contemporâneas e qual o seu papel na construção de narrativa associada a um produto de consumo.

Conteúdos Programáticos

 

      • A chave do contexto.
      • Ferramentas e técnicas de foresight
      • A Definição do problemática de negócio.
      • A estratégia de medias sociais.
      • A ativação de pessoas e marcas.
      • A gestão de comunidades.
      • A disseminação online.
      • A Comunicação, ruido e coerência.
      • Desenvolvimento de estratégias de ativação de produto.

Comunicação Empresarial

 

Que os estudantes sejam capazes de compreender a lógica da comunicação empresarial e de desenvolver ações e tarefas neste domínio, considerando a modernidade e o espaço público enquanto campo discursivo e a promoção como categoria de mediação.
Conhecimentos fundamentais de comunicação audiovisual e especializados ao nível das metodologias associadas.
Conhecimentos de softwares, hardware e em termos de técnicas analógicas utilizadas na realização de produtos gráficos, audiovisuais e multimédia.
Conhecimentos especializados de apoio e na resolução de problemas técnicos ao nível gráfico, fotográfico, audiovisual e multimédia.
Conhecimentos teóricos fundamentais que permitam sustentar e contextualizar a resolução de problemas de Comunicação Audiovisual.
Elaborar narrativas gráficas e aplicar técnicas publicitárias para campanhas de comunicação integradas e atualizar conteúdos, nomeadamente com base da economia digital.

Conteúdos Programáticos

 

      • 1. Teorias da Comunicação
      • 1.1. Comunicação interpessoal e comunicação empresarial
      • 1.2. Modelos de comunicação
      • 1.3. Elementos da comunicação e eficácia comunicacional
      • 2. Estratégia de Comunicação
      • 2.1. Comunicar para informar
      • 2.2. Comunicar para persuadir
      • 2.3. Gestão da comunicação e de meios
      • 2.4. Gabinete de relações públicas, imagem ou reputação corporativa
      • 2.5. Definição de objectivos e estratégias de Comunicação Publicitária
      • 3. Design Gráfico e Publicidade
      • 3.1. Uma visão integrada da comunicação e linguagem visual
      • 3.2. A mensagem publicitária
      • 3.3. Comunicação one-to-one no contexto da economia digital
      • 3.4. Publicidade audiovisual, analógica e digital
      • 3.5. Do briefing ao design

Identidade Visual

 

Que o estudante domine o vocabulário relacionado com o projeto de design da Identidade Visual de Marca destinada a contextos analógicos e digitais.
Que o estudante conheça as principais etapas de design da Identidade Visual de Marca para produtos, serviços para contextos vídeo, suportes analógicos ou digitais.
Que o estudante saiba desenhar Marcas Gráficas, Estacionário e demais aplicações e sistemas de normalização, considerados adequados a um programa.
Aptidão para realizar projetos Identidade Visual, assegurando o seu reconhecimento e coerência enquanto sistema visual.

Conteúdos Programáticos

 

      • 1. Identidade e Imagem Corporativa
      • 1.1. Marca e seus significados
      • 1.2. Mapa de Concorrentes
      • 1.4. Adequação aos públicos e posicionamentos gráficos
      • 2. Identidade Visual
      • 2.1. Identidade Visual
      • 2.2. Design de Marca Gráfica
      • 2.3. A Marca Gráfica em suportes analógicos, audiovisuais e digitais
      • 2.4. Kit de normas gráficas

Atelier de Comunicação

 

O aluno terá, de forma autónoma ou integrado numa equipa, de ser capaz de recolher as imagens necessárias à execução de uma reportagem em formato vídeo, utilizando os meios técnicos adequados ao vídeo. Deverá ainda ser capaz de organizar a gestão da produção.

Conteúdos Programáticos

 

Conceitos gerais:

      • A ideia para reportagem.
      • Organizar a gestão da produção.
      • Edição e pós-produção dos projetos.
      • 1 – Identificar, dominar e manipular os diferentes meios tecnológicos de captação de imagem.
      • 2 – Utilizar as diferentes tecnologias de captação de imagem, quer fotográfica quer vídeo, de forma a construir uma reportagem de curta ou longa duração.
      • 3 – Dominar a narrativa fotográfica ou videográfica de forma a ser capar de construir uma reportagem.
      • 4 – Identificar e seleccionar os equipamentos (objectivas, películas, filtros, projectores e reflectores) em função do local onde decorre o motivo de reportagem.
      • 5 – Identificar, seleccionar e utilizar as técnicas de impressão, edição, digitalização e de tratamento laboratorial das imagens fotográficas.
      • 6 – Analisar, criticar e seleccionar as imagens mais adequadas de acordo com os temas a retratar nas reportagens.

2º Ano 2º Semestre

Estágio

 

Conhecer princípios e métodos de trabalho em ateliers e gabinetes de comunicação.
Conhecer metodologias e técnicas utilizadas no âmbito da conceção da Comunicação Audiovisual.
Conhecer as ferramentas e tecnologias utilizadas no âmbito da Comunicação Audiovisual.
Adquirir competências no âmbito da resolução de problemas técnicos ao nível gráfico, fotográfico, audiovisual e multimédia.
Conhecer as ferramentas e tecnologias utilizadas em multimédia, interação e animação.
Desenvolver capacidades de comunicação interpessoal.
Desenvolver capacidades de desempenho ao nível da captação de imagem de campo e em estúdio.
Desenvolver atitudes de trabalho em equipa.
Desempenhar funções de forma autónoma, mesmo sob supervisão de outro técnico, identificando, avaliando e solucionando problemas.
Desenvolver atitudes proactivas na atividade profissional e enquadradas na natureza das funções a desempenhar.

Conteúdos Programáticos

 

A componente de formação em contexto de trabalho visa a aplicação dos conhecimentos e saberes adquiridos às atividades práticas do respetivo perfil profissional e contempla a execução de atividades sob orientação, utilizando as técnicas, os equipamentos e os materiais que se integram nos processos de produção de bens ou de prestação de serviços (nº 1 do artº 40º-M do Decreto-Lei n.º 63/2016 de 13 de setembro).

O programa de estágio será estabelecido entre o orientador e o tutor da Empresa/Instituição.O programa de estágio deve enquadrar-se no âmbito das matérias versadas durante a componente de formação do processo de ensino-aprendizagem.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial